Cuidado e Carinho até na Hora do Lanche

Cuidado e Carinho até na Hora do Lanche

Há alguns dias conversamos com a nutricionista Ana Carolina Moraes Costa a respeito dos lanches escolares. Ela falou sobre a importância do lanchinho e deu sugestões sobre o que colocar em cada kit. Confira as matérias clicando aqui e aqui.

A nutricionista, especialista em nutrição infantil, também falou sobre a importância da criação de uma memória afetiva para o alimento saudável. Isso é muito importante e faz toda a diferença na alimentação do seu filho!

cuidado-e-carinho-na-hora-do-lanche

Na hora de montar a lancheira, a sugestão é se atentar para os detalhes e a decoração. Nos cubinhos de frios, por exemplo, colocar um palitinho para que a criança coma com as mãos e brincando. No lanche de pão de forma, vale trabalhar nos cortes diferenciados: um dia em quadradinhos, outro em triângulos…

Esses pequenos detalhes fazem com que a criança, de forma inconsciente, registre a memória afetiva.

Outra questão que traz certa dificuldade são as frutas, tão essenciais em todos os lanches. O problema é que muitas crianças têm vergonha de levar, especialmente quando os coleguinhas não levam.

Nesse momento vale já enviar a fruta cortada ou investir nas frutas secas, como passas, damasco e ameixa. Outra sugestão são as sementes como as castanhas e os amendoins.

A nutricionista também sugere diferenciar e inovar. As crianças adoram levar tomate cereja, árvore de brócolis, milho cozido e palitos de cenoura ou mini carrots.

A proteína do leite e dos lácteos pode ser substituída por ovo cozido, por exemplo. As crianças adoram levar ovo de codorna ou ovo cozido regado com azeite e orégano. Para o cheiro não ficar forte, a nutricionista deixa uma dica: ferva por 10 minutos e coloque na água do cozimento um pouco de vinagre e sal. O sal não deve ser colocado direto no ovo após o cozimento, para não ser colocado em excesso.

Salad of fresh fruits and vegetables for eating healthy

Outro investimento importante é nos pães e bolos integrais. Para fazer bolos caseiros integrais, basta fazer a substituição. Se a receita sugere duas xícaras de farinha de trigo, substitua uma por aveia em flocos finos. Depois de a família estar acostumada com a ideia, é possível substituir as duas xícaras de farinha por aveia e acrescentar uma colher de amido de milho.

No caso do bolo de cenoura com cobertura de chocolate, a sugestão é trocar o granulado por chia. As crianças adoram!

Para a nutricionista, o importante é sair do comodismo de colocar o bolo industrializado, o biscoito de polvilho e o saco de salgadinho que está no armário. Segundo Ana, são 10 minutos de investimento na criança, 10 minutos na rotina de uma mãe que vão mudar a alimentação do seu filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.