Mulheres-Irmãs

Mulheres-Irmãs

 

Sabe aquele dia em que você viu alguma mulher sofrendo na mão do seu marido, seja de forma física, seja por ofensas, e não fez nada? Sabe aquele dia em que você chamou uma mulher de “vagabunda” porque ela estava usando uma roupa muito curta ou um vestido muito apertado? Pois é, não dá mais!

O mundo já nos maltrata demais com salários mais baixos e jornadas múltiplas de trabalho dentro e fora de casa. O mundo já nos maltrata demais com suas tradições e regras machistas, com homens que pensam que é normal bater em suas companheiras e pessoas que pensam que “em briga de marido e mulher não se mete a colher”, mesmo que a briga acabe em morte.

Precisamos olhar umas para as outras com menos julgamentos e mais irmandade. Precisamos mudar a forma como o mundo nos enxerga, mas para isso devemos começar mudando a forma como enxergamos a nós mesmas. Somos diferentes sim, mas não somos piores e nem melhores que os homens. Apenas diferentes e nossas diferenças merecem respeito.

Pode não haver ligação de sangue, mas é preciso ter lealdade, cumplicidade e respeito entre nós, mulheres. Precisamos caminhar de mãos dadas!

O Mãe, Amor Maior convida todas nós, mulheres, para colocar em prática essa mudança. Hoje, agora, em cada momento. Vamos jogar fora nossos pré-julgamentos e olhar uma para as outras como companheiras, como irmãs.

O mundo pode tentar nos colocar para baixo, mas nós não podemos fazer isso com nós mesmas. Unidas, podemos levantar o mundo em nossas mãos!

mulheres-irmãs

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.