Ótima dica!

Processed with VSCOcam with g3 preset
No começo de dezembro, fui em um workshop para pais na escola dos meus filhos. A professora foi a Rachel Ross, autora do livro “Adventures in Parenting”, Euritmista Curativa, mestra em Dificuldades de Aprendizagem, Coordenadora da Formação em Extra Lesson no Canadá, Espanha, Irlanda e docente na escola Waldorf de Nova York.

Vou passar aqui o resumo do que foi falado. Alguns pontos já foram abordados no blog, mas ai a gente fica com aquele orgulho de “isso eu já sei”. E se tiver oportunidade, leia o livro. Pelos comentários na internet, é como ter uma avó cheia de bons conselhos. Já pensou que maravilha?

12 pensamentos que podem ajudar MUITO na tarefa de ser pais:

1 – Para ser pai e mãe sem culpa: Ame e perdoe. Volte atrás. Crianças sabem desculpar.

2 – Tudo bem ficar nervoso, nós precisamos ser sinceros. Mostre seus verdadeiros sentimentos. Entenda que a criança sabe o que você está sentindo por dentro. Não adianta fingir.

3 – As crianças escutam tudo. E elas imitam. Então se não quiser que seus filhos repitam todos os seus defeitos, preste atenção no que fala na frente deles.

4 – Como a criança passou a noite determina como ela vai agir durante o dia. Crie um ritmo noturno e respeite.

5 – Não fale muito, não explique muito. Eles não precisam saber tudo o que está acontecendo. Eles só precisam saber que você está no controle. Por exemplo: a criança está nervosa porque está com sono e começa uma discussão com você, não adianta discutir. Você é o adulto e sabe que ela está com sono, então coloque para dormir.

6 – Conversamos com eles como se fossem adultos. “O que você está sentindo? O que você quer?” E eles não conseguem fazer isso porque ainda não tem consciência formada e isso é estressante para eles. Os pais agora super estimulam o intelecto, mas incapacitam a criança de fazer coisas. Você não pode imaginar a quantidade de coisas que uma criança com 5 anos é capaz de fazer. E elas precisam construir a sua independência. As crianças precisam ter pequenas tarefas em casa. Não coisas muito amplas como “arrume seu quarto” mas pequenas e claras funções como: guardar o sapato, arrumar a cama.

7 – Muitas pesquisas científicas apontam que a parte do cérebro ligada a escrita à mão é muito maior do que a parte que usamos para escrever no computador. Por isso estimule o seu filho a escrever à mão, pintar, colorir.

8 – Escute (entenda) as crianças e preste atenção. O jeito que ela está tem uma razão. Nós precisamos descobrir qual é. Entender o que está por trás do que está acontecendo.

9 – Controle é relacionado ao medo. Então relaxa. Nós estamos praticando. Permita-se cometer erros. Hoje tudo é racionalizado demais. Paciência com sua criança e com você mesmo.

10 – Os pais são os primeiros professores. Entenda que seu papel não é brincar ou agradar, é educar.

11 – Fez tudo errado hoje? Amanhã é outro dia. E seu filho te ama.

12 – E o mais bacana e importante de tudo: Ouça suas memórias de infância. Repita as boas memórias e tente refazer as negativas. Ser pai é ter a chance de reviver a infância. Então aproveite.

scott campbell Antes que eles crescam

Agora dê uma olhada nessa foto acima. (Trabalho do artista Scott Campbell feito com cortes a laser em notas reais de dólar. Exposto na Art Basel Miami 2013) Acho que é sempre bom lembrar que se o seu filho só te ouve falar de dinheiro vai crescer achando que é só isso que importa na vida. E como disse Dalai Lama “Se você traz um coração quente no seu peito, você tem auto confiança. Não tem medo e tem paz interior. Por isso é muito importante que os pais ensinem valores internos para seus filhos.”

E boa sorte para todos nós. Ninguém falou que ia ser fácil, mas todo mundo falou que ia ser maravilhoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.