Por Mais Guerreiros

Por Mais Guerreiros

 

Esperar. Infelizmente, estamos criando crianças e adultos que só estão acostumados a esperar. Esperar pela nota boa que o professor “precisa dar”, pelo celular novo que os pais “precisam comprar”, pela ajuda financeira que o governo “precisa conceder”.

Em um dia desses me emocionei com a história de um menino. Encontrei Pedro* no interior de São Paulo, vendendo doces em frente a um bar. Chamei o garotinho e comecei a perguntar se ele estudava, se estava sozinho, etc.

Pedro tem 12 anos e estuda normalmente. Toda semana, às quintas, sextas e sábados, ele se arruma e vai com a mãe para a rua mais movimentada da cidade no período da noite. Lá, das 19 às 23 horas, ele vende caixinhas com doces caseiros.

O que mais me emocionou foi saber a razão disso tudo. Pedro quer fazer um curso para aprender a consertar computadores e, sem dinheiro para fazer o curso, ele e sua mãe decidiram não esperar pela ajuda que poderia ou não chegar. Começaram a fazer os doces e vender pela cidade.

Naquele instante, passei a admirar Pedro e sua mãe. Admirar pela atitude de não esperar e correr atrás dos seus sonhos, desde cedo. Admirar pela força de vontade de batalhar pelo que acreditam. Admirar também essa mãe, que está ensinando a seu filho que a vida não é fácil, mas que ele pode e deve correr atrás do que quer.

Pedro, deixo aqui meus maiores desejos de sucesso na profissão que você, tão novo, já escolheu. Continue batalhando pelos seus sonhos e, tenho certeza, a vida sorrirá para você!

Por-mais-guerreiros

 

*Pedro é um nome fictício, utilizado para preservar a identidade do personagem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.