Presenteie com Frustração

Presenteie com Frustração

frustração---textoDói mais ainda quando nos sentimos culpados por termos que trabalhar muito e não termos muito tempo para eles. Ou porque estamos passando por momentos difíceis e, por isso, estamos sem energia para enfrentar a birra deles.

Talvez por um extinto de sobrevivência, talvez por um extinto maternal, vamos evitando sentir essas dores que afligem a nós e a nossos filhos. Começamos dando tudo o que eles querem para brincar. Depois, deixamos eles ganharem nos jogos. Depois, nos esforçamos para comprar todos os brinquedos que eles querem. E se por ventura eles repetem de ano, mudamos de escola, para que não se tornem “os repetentes”.

E assim vamos criando nossos pequenos sem que eles conheçam um sentimento muito importante: a frustração.

O problema é que não podemos fazer isso para sempre, não podemos fazer isso em todas as situações. Eles vão crescer e vão se frustrar na vida. Vão se frustrar quando não passarem no vestibular, quando não conseguirem o emprego dos sonhos, quando a promoção não chegar tão rápido, quando o amor não for correspondido.

Tiramos deles a frustração e, com ela, muito mais:

– Tiramos o oportunidade deles aprenderem a responder pelos seus atos. Eles crescem sem saber como é assumir a responsabilidade por algo que fizeram de errado e a saída passa a ser a não aceitação ou até culpar quem estiver por perto.

– Tiramos a oportunidade deles se reinventarem, aprenderem com seus erros, tentarem de novo, se esforçarem para conquistar uma vitória merecida.

– Tiramos a oportunidade deles aprenderem que esperar é necessário, que nem tudo chega pronto no momento em que eles querem, que a vida não nos dá tudo à mão.

– Tiramos a oportunidade deles aprenderem que é preciso correr atrás dos seus sonhos, que é necessário estudar, adquirir experiência, fazer sacrifícios e lutar  pelos seus desejos.

Por isso, na próxima vez que seu filho iniciar uma birra ou estiver em uma situação delicada, pense duas vezes antes de atender seu desejo imediatamente. Pense se não é melhor acalmar sua frustração explicando como lidar com ela, ajudando-o a compreender o que está sentindo e entender que ele se sentirá frustrado muitas vezes ainda. Faça isso com conversas e um abraço bem aconchegante que só mãe sabe dar.

 

Fontes e outras leituras:

https://psibr.com.br/colunas/luciana-saddi/importancia-da-frustracao

http://revistacrescer.globo.com/Criancas/Comportamento/noticia/2013/12/frustracao-por-que-ela-deve-fazer-parte-da-vida-do-seu-filho.html

http://www.gazetadopovo.com.br/educacao/como-ensinar-as-criancas-a-lidar-com-frustracoes-az4vzceod82od2tgwv6bvsupu

https://acaminhodamudanca.wordpress.com/textos-1/infancia/pequenos-inconformados-uma-breve-explicacao-sobre-a-frustracao-infantil/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.