Será que o lanche que meu filho leva na escola é tão importante assim?

Será que o lanche que meu filho leva na escola é tão importante assim?

As aulas já voltaram mas muitas mães ainda estão perdidas quanto ao que colocar na lancheira dos filhos. Aliás, precisa mesmo levar lanche? Será que uma bisnaguinha já é o suficiente? As dúvidas são muitas e por isso conversamos com a nutricionista Ana Carolina Moraes Costa sobre a importância do lanche escolar.

Ana nos contou que os lanches são refeições intermediárias entre as principais refeições, ou seja, café da manhã, almoço e jantar. Eles devem ser pensados com cuidado porque, quando não são adequados, interferem rapidamente na próxima refeição (ou na anterior).

Por exemplo, se a criança vai na escola de manhã e não se alimenta adequadamente, ela come em excesso no almoço. Ou não come no almoço se o lanche foi rico em gordura ou açúcar, o mais comum. O mesmo acontece com o jantar se ela não tiver tido um lanche saudável no período da tarde.

Assim, refeições e lanches precisam ser balanceados em conjunto. É preciso encontrar um horário entre café da manhã e almoço com um espaço de aproximadamente duas horas entre as refeições. Se seu filho toma café da manhã às 7 horas, por exemplo, às 9h30 ele precisa fazer o lanchinho. Meio dia seria um ótimo horário para ele almoçar.

Dessa forma, o organismo aprende a queimar calorias com o combustível que está sendo inserido aos poucos na corrente sanguínea. E a criança cria o hábito de comer em pequenas porções, mas com qualidade.

No entanto, se o lanche da manhã não for adequado, se ele tiver um lanche grande com pão, ou algo mais calórico como um salgadinho ou um refrigerante, por exemplo, isso vai interferir na hora do almoço. E aí você cria a ideia de, no almoço, a criança comer só o que quer: o macarrão que é rápido-digestivo; a comida industrializada que tem o sabor do glutamato que facilita a deglutição.

Isso também dificulta a introdução dos alimentos saudáveis como o arroz, o feijão e a salada, porque o organismo está saciado de uma alimentação rica em calorias no lanche da manhã ou uma alimentação rica em carboidratos.
Por isso, é sempre importante pensar com carinho no que colocar na lancheira do seu filho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale comigo...

Seu e-mail foi enviado com sucesso.

© Copyright 2016.

Todos os direitos reservados.